quinta-feira, 8 de novembro de 2012

Keila Sacavem

É uma grande hipocrisía dizer que vai "praticar o desapego", que vai "se afastar de tudo que lhe faz mal", que agora "está em outra fase", que não sei que lá, não sei que lá, do sapatinho branco que em todos cabe bem, para disfarçar dor de cotovelo ou falta de amor...
Quem dera se tivessemos realmente esse poder de largar um namorado quando estamos sofrendo de amor, quem dera se deixar de amar uma pessoa fosse questão de vontade, quem dera se pudessemos blindar nossos corações contra mágoas, decepções e coisas que nos machucam, quem dera se nossas fases tivessem controle remoto, para darmos um stop na hora mais cabível a nossas emoções, quem dera se todas as teorias acontecessem na pratica de fato, e, quem dera se muitos que tentam se fazer fortes fossem mais realistas e menos tolos.

Quem dera se não existisse tanta hipocrísia afetiva, aooow! Quem dera!

Nenhum comentário:

Postar um comentário