quinta-feira, 8 de novembro de 2012

Keila Sacavem

Aprende-se ser puta na cama,
Mas não se nasce dama,
Na hipocrisia da fama,
Os volúptos vão a lama,
Tamanha sociedade profana,
Falso pudor que nos engana,

Sim! Sou insana,

E tenho mente sacana,
Sou puta, sou dama!
Sou rótulo de uma sociedade profana,

Não sou puritana!
Keila Sacavem

Nenhum comentário:

Postar um comentário